Cárie Dentária

Tempo de leitura: 1 minuto

    cárie

Cárie Dentária

A cárie dentária e uma doença infectocontagiosa que resulta na perda localizada de minerais dos dentes afetados, causada por ácidos orgânicos provenientes do metabolismo microbiano, a partir dos carboidratos da dieta

A atividade metabólica das bactérias provoca um continuo processo de desmineralização e remineralização do tecido dentário, cujo desequilíbrio poderá causar a destruição do dente. O estágio inicial da doença é detectado pela ocorrência de manchas brancas rugosas e opacas na superfície dentária. Portanto, a doença se instala antes do aparecimento de sua manifestação visível que são as cavidades.

O desenvolvimento da doença é o que a caracteriza como multifatorial. Portanto, a atividade de carie (risco) deve ser considerada alta quando o indivíduo apresentar os fatores cariogênicos agindo em condições críticas para a ocorrência da doença.

O flúor poderá atuar como agente preventivo da doença, em adição ao controle dietético e dos fatores de risco e a remoção do biofilme dentário, promovendo o equilíbrio do processo de des/remineralização dentária, e também como agente terapêutico estimulando a remineralização das manchas brancas ativas, evitando a formação de cavidades .

Dessa forma, somente o tratamento restaurador das cavidades não garante o controle da doença, sendo necessário intervir também sobre os seus fatores condicionantes e determinantes.

cárie dentária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *